Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail: crepusculoforum@sapo.pt
Um blog que vai ao encontro do que as (os) Fãs desejam mais. Aqui é o Espaço Perfeito onde podes saber novidades sobre esta emocionante saga que está a mudar o Mundo, a SAGA CREPUSCULO ... Esperamos por ti AQUI .
.posts recentes

. Dakota Fanning em NYC (HQ...

. Imaegm promocional de Edw...

. Imagens dos efeitos espec...

. Novo poster de "The Host"...

. Nova foto de Nikki e Paul...

. Novo sneak peak de Stephe...

. Nikki ala sobre a reconci...

. Lana Del Rey fala sobre K...

. Data de estreia de "The M...

. Premiere de BD2 em Madrid...

. Novos stills de Robert, K...

. Premiere de BD2 em Madrid...

. Outtakes de Ashley Greene...

. Novo video de Robsten em ...

. Roll exclusivo de Robert ...

. Novas/antigas fotos de Ro...

. BD2 lidera a maior Box Of...

. Premiere de BD2 em Madrid...

. A lista de últimos desejo...

. Nova foto de Judi Shekoni...

. Premiere de BD2 em Madrid...

. Entrevista a Daniel Cudmo...

. Premiere de BD2 em Madrid...

. Kellan Lutz fala sobre a ...

. Screencaps do sextras do ...

.arquivos

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

.tags

. 100 monkeys(91)

. alex meraz(138)

. amanhecer(1283)

. anna kendrick(392)

. artigos(190)

. ashley greene(1080)

. atores(256)

. banda sonora(153)

. bastidores(80)

. bella swan(260)

. billy burke(86)

. boa noite crepusculianos(180)

. boo boo stewart(338)

. brasil(87)

. bryce(161)

. cam gigadent(85)

. charlie bewley(119)

. chaske spencer(100)

. chris weitz(104)

. christian serratos(120)

. comic-con(151)

. crepusculo(122)

. curiosidades(191)

. dakota(347)

. dakota fanning(100)

. david slade(86)

. dvds(85)

. eclipse(1047)

. edward(218)

. elenco(316)

. elizabeth reaser(87)

. entrevistas(1120)

. eventos(381)

. fan made(164)

. fãs(302)

. fas(98)

. festas(101)

. filmes(581)

. fotos(3600)

. galeria(965)

. gifs(148)

. jackson(229)

. jackson rathbone(129)

. jacob(99)

. jamie(142)

. kellan(579)

. kellan lutz(193)

. kristen stewart(3527)

. la(139)

. livros(93)

. lua nova(672)

. merchandising(272)

. michael sheen(113)

. moda(125)

. mtv(130)

. mtv video music awards 2009(85)

. mvma 2009(89)

. new moon(470)

. nikki(342)

. nikki reed(164)

. noticias(157)

. outros(237)

. outtakes(288)

. paris(88)

. parte2(153)

. peter(195)

. peter facinelli(266)

. photoshoot(380)

. portugal(82)

. poster(122)

. premier new moon(154)

. premiere(148)

. programas(170)

. rachelle(124)

. remember me(175)

. revistas(958)

. rob(115)

. robert pattinson(4296)

. robsten(430)

. saga crepusculo portugal(134)

. scan(80)

. scans(342)

. screencaps(170)

. set(157)

. set de eclipse(82)

. stephenie meyer(129)

. stills(343)

. swath(225)

. taylor(1250)

. taylor lautner(274)

. the runaways(121)

. trailer(155)

. twilight(461)

. twitter(634)

. vancouver(117)

. video(746)

. videos(1849)

. volturi(85)

. wallpaper(97)

. xavier samuel(146)

. todas as tags

.Crepusculo Portugal - Chat

Atenção : Este chat EA c -box do lado spoilers BASTANTES Direito Contemplação Sobre o filme ! Quem Quer Ser surpreendido comentarios nao veja OS Neste bate papo , Quem não aguenta OU JA VIU o filme esteja Vontade de ...
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011
Fanfic - Capitulo 38 - "Renesmee Cullen"

Algum tempo se passou e o meu dia-a-dia voltou a ser o que, anteriormente, era. A minha relação com o Jacob agora não se baseia apenas em beijos ou num envolvimento físico, mas numa relação repleta de amor, de descobertas- que deviam ter sido feitas já algum tempo. Descobertas de quem realmente somos e quem é a pessoa com quem partilhamos a nossa personalidade e os nossos dias. Em relação ao Darwin continuamos igualmente amigos, embora não tenha conversado com ele sobre o seu possível segredo. Jacob não concordava com o que decidi em relação ao Darwin, mas pelo menos faz um esforço para entender o meu ponto de vista.

Naquela semana houve uma reunião de família à qual Jacob também foi convocado. Não entendia quais eram as razões ou acontecimentos ditos perigosos para se fazer uma reunião de urgência.

 

- Um beijo pelos teus pensamentos. – disse Jacob , que estava sentado ao meu lado.

- Dou-te o beijo e os pensamentos. – respondi, ao encostar os meus lábios sobre os dele. – Estava a pensar qual a razão para a reunião de hoje à noite e o porquê da sua urgência. Sinceramente não entendo, estava tudo tão bem. Porque é que tem que haver algo a estragar tudo? Porquê?

Jacob aproximou-se e abraçou-me.

- Não te preocupes pequena, vais ver que não é nada de importante. E tudo estava bem e continua bem. – suspirou- Sabes que quando nos chateamos, comecei  a ver a nossa relação de outro ponto de vista, nós nunca percebemos que não nos conhecíamos –como adultos. Nunca percebi a tua teimosia, a tua exagerada compreensão para coisas mesquinhas e a tua alegria constante que é capaz de contagiar meio mundo, nunca percebi esses pormenores que são importantes em qualquer relação. Agora, eu posso dizer que te amo porque realmente consigo sentir esse sentimento.

Aquelas palavras de Jacob deixaram-me completamente muda. Não consegui arranjar qualquer resposta que estivesse à altura do que ele me tinha dito, porque tudo era verdade, nunca fomos capazes de parar para nos conhecermos como adultos, o que por consequência quase levou a nossa amizade e o nosso amor à ruina.

Já se fazia noite quando decidimos voltar para casa dos meus avós, para a tal reunião. Estavam todos sentados com o seu respectivo companheiro ao lado, todos em silêncio como se esperassem que a primeira palavra fosse dita.

- Qual o motivo para esta reunião? O que é que se passa? É algo de grave?-explodi, não aguentando a ansiedade.

- Tem calma Renesmee deixa o teu avô explicar tudo. – disse a minha mãe.

Todos desviaram o olhar para Carlisle para que pudesse iniciar a reunião.

- Vou ser rápido e directo. Eu e a Esme na última noite quando fomos caçar encontramos um excessivo número de cadáveres de animais no topo da montanha a poucos quilómetros da mansão. Questionei-me se seria algum vampiro que optasse também pelo nosso estilo de vida. Achei um pouco improvável , visto que o número de animais daria para alimentar a nossa família e não é normal vampiros nómadas andarem em grandes grupos.- suspirou, e sentou-se junto da minha avó- O que me leva a pensar, segundo a lenda que o Jacob me contou, que possa ser o…

- Não está a pensar que foi o Darwin, pois não? – perguntei rapidamente.

- Infelizmente, creio que essa seja a realidade querida. Não existe outra hipótese, nenhum vampiro nómada faria assim tanto “estrago”.

- Não entendo uma coisa, Carlisle. Qual problema deste acontecimento? Pelo menos foram animais e não humanos, sempre defendemos essa regra. Não entendo o porque de tanto alarme. – refutou Emmett.

- Já estava à espera dessa pergunta. O problema aqui é que já estão envolvidos os guardas florestais, pelo que me informei. E tenho a certeza que ninguém irá acreditar na história, de que foram mortos por qualquer outro animal.

A minha mente tentava imaginar Darwin na sua forma de lobisomem a atacar aqueles animais. Era um pouco estranha a sensação que se fez sentir, pois já deveria estar habituada em ver os animais a morrer por falta de sangue a correr-lhe nas veias. Mas aqui o problema não é o facto de haver animais mortos, e sim por a lenda que o Jacob contou ser verdade. Deveria ter sempre acreditado que era verdade, mas nunca consegui imaginar, Darwin que é tão simpático, inteligente e divertido, na forma de um enorme lobo que, supostamente devora qualquer coisa que lhe apareça à frente.

- Renesmee – chamou Carlisle- A única solução que me veio à mente é tentares trazer o Darwin cá a casa para que eu e o teu pai possamos conversar com ele.

- E porque não eu?

- É muito perigoso, Renesmee. Não sabemos nada acerca deste ser vivo, os seus limites de paciência, o que o irrita, as suas defesas, tudo isso é uma incógnita. Nenhum de nós quer que corras qualquer tipo de risco. Entendido? – respondeu o meu pai.

Assenti. Amanhã mesmo faria com que Darwin viesse cá a casa, esta é a única forma de acabarmos com todas as dúvidas de vez, de colocarmos um ponto final nesta história.

 




publicado por Joana às 10:26
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

15 comentários:
De JIAM a 26 de Dezembro de 2011 às 19:38
Ah, finalmente vou ter novamente o prazer de fazer uma pequena rant.

Bem, ao ler este capítulo até tenho a sensação de que leste o meu comentário anterior, mas se queres mesmo saber, quando te tentas redimir, continuas a falhar.

Tu escreves isto:

"A minha relação com o Jacob agora não se baseia apenas em beijos ou num envolvimento físico, mas numa relação repleta de amor, de descobertas- que deviam ter sido feitas já algum tempo."

Para além do enjoo de ler "repleta de amor", que ainda não percebi o que querem dizer com uma relação "repleta de amor", no parágrafo seguinte e 1º contacto com o Jacob:

"Um beijo pelos teus pensamentos."

Contradiction, much?
____
Bom, e o seguinte:

"Sabes que quando nos chateamos, comecei a ver a nossa relação de outro ponto de vista, nós nunca percebemos que não nos conhecíamos –como adultos."

Epá, que frase mais mal construída, para além da falta de acento no "chateámos". Por acaso relês o que escreves?

"Nunca percebi a tua teimosia, a tua exagerada compreensão para coisas mesquinhas e a tua alegria constante que é capaz de contagiar meio mundo, nunca percebi esses pormenores que são importantes em qualquer relação."

Sim, de facto são promenores importantes numa relação, mas isto mostra-se ONDE na fanfic?

- Teimosia? Sim, mas não é o bom tipo de teimosia, é aquela do género "dependo de um homem para viver, e vou fazer tudo para o ter!"
- Compreensão para coisas mesquinhas? Lolwut, donde saiu essa?
- Alegria constante que contagia meio mundo? Filha, eu li 38 capítulos e vi uma pirralha ninfomaníaca, irritante, refilona, superficial, deprimente, obsessiva e submissa chamada RENESMEE CULLEN.

"Agora, eu posso dizer que te amo porque realmente consigo sentir esse sentimento."

Sim, Jacob, porque pelos vistos nas fanfics tens mente de Twitard, que não vê a verdadeira imagem das coisas, e que vê coisas que não existem.
____
"Darwin que é tão simpático, inteligente e divertido"

Again, isto está mostrado onde?
____
"trazer o Darwin cá a casa"

Já te disse que esta história não faz sentido nenhum? Porque não vão eles até ao pirralho?

Bem, fico à espera do próximo capítulo :)


De Drica a 27 de Dezembro de 2011 às 23:31
Olá!
A sério, agradeço-te imenso as criticas que fazes,pelo menos alguém o faz.
Eu adorava escrever mas , sinceramente, com o passar do tempo esse gosto foi desaparecendo.
Porquê?
Não sei. Apenas sei que , agora, escrevo por escrever. Escrevo,porque é mau deixar uma história por acabar.
E respondendo à tua pergunta: se eu releio aquilo que escrevo. Não!
Porque apagaria tudo. E escreveria novamente, voltaria a reler, e apagaria tudo.
É estranho, eu sei.
Mas como referi anteriormente, escrevo -agora- por escrever.
E este romance, baseia-se naquilo que eu leio em todas as histórias que estão na internet.
Mais uma vez agradeço-te imenso, pelas criticas que fizeste.
E queria-te propor uma coisa!
Será que para o próximo capítulo me podes dar uma ajuda?Não tenho ninguém que o faça!

Beijinhos :)


De JIAM a 30 de Dezembro de 2011 às 22:24
Bem, eu devo ter um dom bestial qualquer, porque até a mandar vir, não consigo fazer com que os autores se irritem comigo nem com as minhas críticas agressivas. A sério, eu que ando para aqui a explodir...já é a segunda vez que me acontece XD

Eu percebo-te, a sério, aliás, eu estou numa situação semelhante de ter perdido o prazer de desenhar. Aconselho-te a descansar um pouco, e deixar a escrita por uns tempos, e a sério, não te sintas pressionada pelos teus fãs estarem constantemente a pedinchar aqui no chat, porque estão, e é um bocado irritante porque tu tens vida.

Mas tens de reler o que fazes, senão como queres manter uma história consistente? Apagar tudo, e reescrever? A ideia é mesmo essa! É ao tentar e falhar que vais acabar por ter algo bom e que gostes.

Eu estou também neste momento a fazer uma história (mais propriamente uma banda desenhada, onde já acabei o guião, só falta mesmo desenhar), e até lá, ainda reescrevi tudo 3 vezes! E já estou há 11 meses nisto.

E quando pensei que tinha tudo acabado, vem a minha beta-reader dizer que há coisas sem sentido e outras para alterar. Sabes o que é que eu fiz? Chorei, é verdade, pela frustração de ter tudo feito e por no final perder tudo, mas depois lá me levantei e voltei a escrever e no final consegui fazer as alterações, conseguindo ao mesmo tempo adaptá-las ao rumo que tinha dado à história porque simplesmente tinha gostado de como tinha seguido.

Sobre baseares romances em histórias de internet, um conselho: não o faças. Isto de romance não teve nada, vou ser honesta. Eu vi aqui o retrato chapado das relações e das fantasias de adolescentes inconscientes, que não percebem nada de amor.

Pensa sempre "Como seria se isto acontecesse na vida real?". Um bom exemplo disso é até o próprio Crepúsculo, porque uma certa percentagem dos fãs dizia que o filme estava horrível, mas na realidade o filme é bem melhor do que o livro porque mostra exactamente o quão errado e perturbador o livro é, e ridículo no aspecto das frases "And so the lion fell in love with the lamb." -> dizer isto a alguém na vida real é simplesmente embaraçoso.

Olha, até tinhas boas bases: Renesmee e Jacob tinham a marcação em comum, certo? Como estava explicado no próprio livro, o Jacob perdia a força de vontade e fazia tudo pela Renesmee, né? Podias ter feito o seguinte: fazer com que a Renesmee torne o Jacob no seu escravo, ou fazer o Jacob tentar voltar a ter vida própria, ou então mostrares verdadeiramente o quão doentia e horrível a marcação pode ser, já que é basicamente um casamento arranjado.

E sobre ajudar no próximo capítulo? Peço desculpa, mas não posso, eu não sou a melhor pessoa para isso, além disso já estás no fim. Só aconselho-te a fazer capítulos onde de facto aconteça alguma coisa que contribua para a história, porque ler o dia a dia da Renesmee não é relativamente interessante, excepto para os teus fãs.

E olha os erros ortográficos!

Bom Ano.


De Drica a 12 de Janeiro de 2012 às 23:24
Olá, novamente!
Não sei como te agradecer, sinceramente!
A partir deste momento sou tua fã xD , porque para mim é muito melhor receber dessas criticas, e não me importa se és bruta- não gosto de faltas de educação, mas não foi o caso- acho muito bem que critiques se vês asneiras. Eu também o faço noutras fanfics.
Ainda bem que me compreendes! Eu não sou uma escritora e estou muito, muito , mas mesmo muito longe de o ser, e nem quero ser. Escrevia, porque me fazia sentir bem, esrevia estes romances- que sei que na vida real nada é assim,porque estou a viver isso- para me abstrair deste mundo, para ir para um mundo onde tudo é perfeito e a vida é fácil.
Tentei não fazer a rotina da Renesmee, mas não consegui- peço desculpa. Mas juro que tentei, pelo menos isso.

Agora falando da minha escrita em geral...sou boa- nisso tenho eu a certeza- a escrever pequenos textos de visões que tenho de acontecimentos do quotidiano.
Aliás, com um textos desses sobre o mar, ganhei um concurso literário na minha escola.
Dei-te este exemplo, para veres o meu estilo de escrita.

Tal como te estou sempre a dizer, é estranho. Pois sei que sou boa num estilo de escrita, mas escrevo outro totalmente diferente. Mas queria experimentar, não deu resultado temos pena.
Continuo a fazer o que sempre fiz! Escrever pequenos textos.

Mais uma vez obrigada!
Beijinhos, :)



De Jiam a 15 de Janeiro de 2012 às 19:02
Ok, que medo seres minha fã por eu criticar XDDD

Acredita em mim quando digo que me andei a conter muito para não ser mal educada, mas pronto, ainda fiz uns comentários muito rudes (uns que já foram apagados), peço desculpa por isso. Mas se queres mesmo saber, eu até adoro ficar raivosa quando leio a história. Diverte-me, porque adoro criticar (eu critico bastante aquilo que eu faço também XD). Com argumentos que apoiem é claro. I'm just freaky that way.
De certo modo é um ponto para ti. Se despoleta emoções, estás no bom caminho XD Eu fui ler o 1º capítulo do "Nevoeiro" e apesar de não ter tantos erros e isso, achei tão aborrecido que nem fui ler o resto.
---

Hey, hey, hey! Lá por teres tido uma experiência falhada, não significa que não voltes a tentar. Practice makes perfect. E quem sabe, até podes encontrar um estilo de escrita em que estejas mais confortável. Além disso, o teu problema não é o "comprimento" do texto, mas sim o planeamento. As histórias requerem muita atenção e se passares logo à acção e a escrever o produto final, é normal que te percas pelo caminho e acabes por sentir como "QUE SECA! não aguento mais!", e além disso estás a lidar com um conjunto de personagens muito difícil (é muito complicado encontrar algo original com vampiros e lobisomens, especialmente onde esta espécie é tão indestructível. Acredita porque eu passei por isso nesta minha última história. Demorei 2 meses para acabar o guião X_X)

Primeiro sempre rascunho da história completa, depois editar, apagar e começar outra vez, e assim até vão surgindo novas ideias.

Eu percebo que pretendas um mundo perfeito nas histórias (acredita que faço o mesmo, mas é mais porque sou demasiado ingénua), mas o problema é que pode acabar por fazer personagens de mente fraca, e isso aconteceu com a Renesmee. E parabéns pelo prémio na tua escola. (^^)d

Fica bem, e descansa um pouco da fanfic, as ideias irão surgir quando menos esperas.

Se o Darwin for um lobisomem a sério (a criança da lua), podes acabar por ter uma ajuda no final da tua história, mesmo que seja demasiado previsível.


De Ana a 1 de Janeiro de 2012 às 21:18
Há quem goste desta história e não se queixe .


De JIAM a 2 de Janeiro de 2012 às 11:18
E...?


De Ana a 2 de Janeiro de 2012 às 15:14
E que ninguém te manda ler. Tudo bem que podes criticar mas, se não gostas ninguem te manda ler . A rapariga gasta o seu tempo a escrever isto e depois vem gente como tu criticar. A profissão dela não é ser escrito. Ela faz isto porque gosta e nada mais. é normal que não seja perfeita.


De Ana a 2 de Janeiro de 2012 às 15:15
*escritora


De JIAM a 5 de Janeiro de 2012 às 20:32
E depois vem gente como tu que pensa que faz comentários inteligentes: "Oh bohoo, gente como tu é tão má, a inferiorizar os outros1!!1!*cries* Quem é que pensas que és?!?!?! Nã gostas, nã lês, problema resolvido! *humph*!" -> A tua clichezice é de certo modo adorável.

Ok, perdoai a minha indelicadeza, irei agora mesmo dirigir-me a ti, seriamente.

A Drica é crescida como podes ver, pois esteve a falar comigo directamente, e além disso, é a ela a quem me dirijo, por isso agradeço a tua "intenção e opinião", mas o teu argumento é inútil comigo.

Agora respondendo ao teu comentário...Que eu saiba, isto está publicado na internet, por isso toda a gente pode ler, ou seja, a pessoa fica exposta a todo o tipo de feedback.

Se eu não leio, como posso criticar? Se eu leio, é porque me apetece, e porque me entretém. Há muita coisa que leio, vejo, e ouço que é lixo autêntico, e que me entretém. É a mesma coisa que comeres um Big Mac no McDonalds. Chama-lhe um guilty pleasure.

Eu critico algo, independentemente se gosto ou não. Eu podia "queixar-me", como tu dizes, mesmo se gostasse. Já ouviste falar de críticas construivas? É isso que estou a fazer (com um toque de raiva de facto, mas mesmo assim educada o suficiente). Estou a apontar as falhas para que num futuro próximo a Drica aprenda e evolua, mesmo que claro seja impossível agradar toda a gente, mas que pelo menos consiga agradar a maioria, incluindo a si própria, e que cometa o mínimo de falhas possível. Não ando para aqui a gritar "EPÁ K *****! VAI MAS É PÁ ESCOLA! N ESCREVES A PONTA DE 1 CORNO!!11!1", mas sim a transmitir factos com argumentos que o provem.

A minha profissão também não é fazer banda desenhada, e as pessoas criticam o que eu desenho (já para não falar da história), again, independentemente se gostam ou não, e normalmente até é porque gostam, por isso o teu argumento é completamente inválido.


De Ana a 7 de Janeiro de 2012 às 21:07
Eu não quero saber se o meu argumento é válido ou inválido , forte ou fraco, até porque eu não estava a argumentar, estava simplesmente a dar a minha opinião, tal como tu o fizeste.


De Jiam a 8 de Janeiro de 2012 às 13:53
Pois de facto não estavas a argumentar, e nem sequer estavas a dar opinião. Tu estavas...como se diz..."BAWWWWWWW!", tal como estás neste momento.


De Ana a 8 de Janeiro de 2012 às 14:49
Deves-te achar melhor que toda a gente, não? É que se não te achas, parece mesmo! Sabes, ume pessoa quando quer criticar algo, não precisa de ser bruta, que é tudo aquilo que tu foste quando quiseste criticar. E isso não acho correto. Mas se queres andar por aí a ser bruta com toda a gente, força -.-


De Jiam a 8 de Janeiro de 2012 às 17:52
U mad bro?

És tão querida, e tão ingénua, a pensar que não existem críticos brutos. ^.^
Eu poderia contar-te umas histórias bastante educativas sobre grandes artistas que foram ridicularizados, mas já reparei que é demasiado complicado para ti.


De Ana a 10 de Janeiro de 2012 às 22:12
No, I'm not mad.

E sei muito bem que é raro haver um critico que não é bruto mas, na minha opinião, existem limites que devem ser respeitados. Mas pronto, cada um tem a sua opinião. Tu tens a tua e eu tenho a minha. Fim da história.


Comentar post

.Saga Crepúsculo Portugal
Todos os direitos reservados á Saga Crepusculo Portugal e ao seus autores , textos devidamente creditados excepto . Quem copiar sem citar o autor do post , infringe em termos de direitos autorais .



.Trailers Amanhecer - Parte 2
.Contadores

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

.Fan Fic

Nevoeiro - Capitulo 1I

Nevoeiro - Capitulo 1II

Nevoeiro - Capitulo 2I

Nevoeiro - Capitulo 2II

Nevoeiro - Capitulo 3I

Nevoeiro - Capitulo 3II

Nevoeiro - Capitulo 4I

Nevoeiro - Capitulo 4II

Nevoeiro - Capitulo 5I

Nevoeiro - Capitulo 5II

Nevoeiro - Capitulo 6I

Nevoeiro - Capitulo 6II

Nevoeiro - Capitulo 7I

Nevoeiro - Capitulo 7II

Nevoeiro - Capitulo 8I

Nevoeiro - Capitulo 8II

Nevoeiro - Capitulo 9I

Nevoeiro - Capitulo 9II

Nevoeiro - Capitulo 10I

Nevoeiro - Capitulo 10II

Nevoeiro - Capitulo 11I

Nevoeiro - Capitulo 11II

Nevoeiro - Capitulo 12I

Nevoeiro - Capitulo 12II

Nevoeiro - Capitulo 13I

Nevoeiro - Capitulo 13II

Nevoeiro - Capitulo 14I

Nevoeiro - Capitulo 14II

Nevoeiro - Capitulo 15I

Nevoeiro - Capitulo 15II

Nevoeiro - Capitulo 16I

Nevoeiro - Capitulo 16II

Nevoeiro - Capitulo 16III

Nevoeiro - Capitulo 17I

Nevoeiro - Capitulo 17II

Nevoeiro - Capitulo 17III

Nevoeiro - Capitulo 18I

Nevoeiro - Capitulo 18II

Nevoeiro - Capitulo 18III

Nevoeiro - Capitulo 19I

Nevoeiro - Capitulo 19II

Nevoeiro - Capitulo 19III

Nevoeiro - Capitulo 20I

Nevoeiro - Capitulo 20II

Nevoeiro - Capitulo 20III

Nevoeiro - Capitulo 21I

Nevoeiro - Capitulo 21II

Nevoeiro - Capitulo 21III

Nevoeiro - Capitulo 22I

Nevoeiro - Capitulo 22II

Nevoeiro - Capitulo 22III

Nevoeiro - Capitulo 23I

Nevoeiro - Capitulo 23II

Nevoeiro - Capitulo 23III

Renesmee Cullen - Capitulo 1

Renesmee Cullen - Capitulo 2

Renesmee Cullen - Capitulo 3

Renesmee Cullen - Capitulo 4

Renesmee Cullen - Capitulo 5

Renesmee Cullen - Capitulo 6

Renesmee Cullen - Capitulo 7

Renesmee Cullen - Capitulo 8

Renesmee Cullen - Capitulo 9

Renesmee Cullen - Capitulo 10

Renesmee Cullen - Capitulo 11

Renesmee Cullen - Capitulo 12

Renesmee Cullen - Capitulo 13

Renesmee Cullen - Capitulo 14

Renesmee Cullen - Capitulo 15

Renesmee Cullen - Capitulo 16

Renesmee Cullen - Capitulo 17

Renesmee Cullen - Capitulo 18

Renesmee Cullen - Capitulo 19

Renesmee Cullen - Capitulo 20

Renesmee Cullen - Capitulo 21

Renesmee Cullen - Capitulo 22

Renesmee Cullen - Capitulo 23

Renesmee Cullen - Capitulo 24

Renesmee Cullen - Capitulo 25

Renesmee Cullen - Capitulo 26

Renesmee Cullen - Capitulo 27

Renesmee Cullen - Capitulo 28

Renesmee Cullen - Capitulo 29

Renesmee Cullen - Capitulo 30

Renesmee Cullen - Capitulo 31

Renesmee Cullen - Capitulo 32

Renesmee Cullen - Capitulo 33

Renesmee Cullen - Capitulo 34

Renesmee Cullen - Capitulo 35

Renesmee Cullen - Capitulo 36

Renesmee Cullen - Capitulo 37

Renesmee Cullen - Capitulo 38

Renesmee Cullen - Capitulo 39

Noite de Luar - Capitulo 1

Noite de Luar - Capitulo 2

Noite de Luar - Capitulo 3

Noite de Luar - Capitulo 4

Noite de Luar - Capitulo 5

Noite de Luar - Capitulo 6

Noite de Luar - Capitulo 7

Noite de Luar - Capitulo 8

Noite de Luar - Capitulo 9

Noite de Luar - Capitulo 10

Noite de Luar - Capitulo 11

Noite de Luar - Capitulo 12

Noite de Luar - Capitulo 13

Noite de Luar - Capitulo 14

Noite de Luar - Capitulo 15

Noite de Luar - Capitulo 16

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Afiliados

Lua Nova Twilight/Notícias Fotos e Tudo Sobre o Mundo de
Crepúsculo

Image and video hosting by TinyPic

Rádio do Planeta - A solidariedade toca aqui!

Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Create your own banner at mybannermaker.com!