Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saga Crepusculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Saga Crepusculo Portugal

07
Nov10

Fanfic - Capitulo 16 - "Noite de Luar" (Último)

Joana
 

Este é o último capitulo da FanFic!

Espero que tenham gostado! Aqui ficam os meus parabéns á Drica!

Brevemente teremos outra fanfic!

 

Capítulo Dezasseis - De Novo de Volta


 

  

Renesmee

 

As lágrimas atravessavam o meu rosto com fúria. O sentimento de perda já se formava aos poucos dentro do meu pobre coração. Gritos de desespero e dor formavam-se no fundo da minha garganta.

O meu pai tentava-me abraçar, para me poder acalmar, mas a única coisa que recebeu em troca foram os murros e as estaladas que o meu cérebro mandava dar com toda a força do mundo.

O meu corpo era invadido por espasmos. Os músculos das pernas, perdiam a força para me manterem erguida. Os braços pediam ajuda. A minha garganta era socorrida pela saliva que lá passava.

Uivos de dor eram emitidos pelos lobos de La Push. Em cada uivo formava-se uma lágrima. Os rapazes também estavam a sofrer imenso. Ele iria ser o próximo Alpha. Iria ser meu marido, pai dos meus filhos e o homem da família. Iria, mas para minha dor e infelicidade já não vai. Pois o homem que era a minha eternidade estava morto na cama em que o acolheu por vários meses.

 

Quando me senti capaz de caminhar sozinha, levantei-me e dirigi-me á cama onde estava Jake. Queria sentir os seus lábios. E assim o fiz. Encostei os meus lábios aos seus. Estes estavam frios e sem a vida a que eu estava habituada. Fiz uma carícia no seu rosto.

E para minha surpresa, alegria e felicidade, os olhos de Jacob moveram-se lentamente.

- Pai, pai... pai - gritava e dava saltos ao mesmo tempo - ele está vivo. Pai, ele não morreu.

Logo de seguida, pude ver o meu pai e Carlisle a colocar os fios que ligaram Jake ás máquinas novamente. O barulho da máquina que até agora achava um quanto irritante, deixava-me aliviada e feliz. Cada apito, uma batida.

Nunca aconteceu algo assim em toda a minha existência, também só existo á sete anos.

- Nessie - pronunciou o meu pai - não sei como isto pode acontecer, mas o Jake irá recuperar e daqui alguns dias poderá sair deste quarto e desta cama.

Por impulso abracei o meu pai e beijei-o na bochecha que à mais de um século não ganhava cor. Ele elevou-me no ar e rodopiou comigo. Estávamos tão felizes.

O Jake não sei como, escapou da morte, e agora estava aqui comigo vivo. E o melhor, daqui alguns dias ele estaria ao meu lado, e aí sim, poderia sentir os lábios quentes e furiosos que ele tinha.

 

***

 

Os dias passaram com uma rapidez estonteante. O meu Jake que alguns dias atrás estava entre a vida e a morte. Agora estava entre o ataque de fome e o ataque de sono.

Nunca vi um homem a comer tanto como ele come. Só gostava de saber o segredo dele, para não engordar.

Eu passava o tempo inteiro com ele no quarto, a conversar, a namorar e jogar jogos que ele insistia em jogar.

Hoje, iria ser o dia decisivo. Jake iria ter alta ou não? Pelo seu aspecto, a resposta negativa estaria longe de vir, mas eu não sei o estado interior dele. Só mesmo o meu querido avô é que sabe, e por isso mesmo saberemos hoje a resposta.

No quarto ficávamos os dois a namorar, ao pôr-do-sol que enviava raios solares invadirem a janela do quarto com muita educação. Jake estava cada vez mais romântico. As suas palavras eram uma melodia para os meus ouvidos sensíveis, o seu toque era como massagens que só receberia no melhor SPA do mundo.

Estávamos a meio de um dos nossos beijos, quando ouvimos o meu avô dar três batidas na porta.

- Entra...- dissemos os dois em uníssono. Logo um ataque de riso nos invadiu. O meu avô olhava para nós com carinho e admiração. A alegria notava-se nos olhos dele.

- Avô...- pronunciei - Tem boas ou más notícias?

O sorriso que ele trazia nos lábios desapareceu juntamente com as palavras que dissera.

- Diga logo... – resmunguei - Primeiro as boas...

- Então a boa noticia é que Jake, podes sair finalmente deste quarto. Mas não te poderás transformar pelo menos durante um mês.

- Jake estás livre, podes sair desta quarto.

- Parece que sim. Mas, Carlisle é mesmo necessário parar de me transformar?

- É assim Jacob, podes transformar-te, mas as consequências que poderão vir ao fim da transformação, não serão tão boas.

- Então prefiro ficar... sossegado - sorriu.

Carlisle virou-se para ir embora. Mas ainda falta a outra notícia. Quero saber.

- Carlisle, mas e a má? - ele sorriu e deu dois passos na nossa direcção.

- A má notícia é que... que...

- Carlisle - resmungou Jake impaciente.

- É que Jacob Black, vai ter que , se quiseres, aturar aqui a família Cullen toda.

Estava confusa. Aturar a minha familia como assim? O que ele quer dizer com essas palavras?

- Não percebi Carlisle...

Ç É simples, estive a falar com Edward e Bella e chegamos á conclusão que era melhor tu morares connosco nesta casa.

Eu não acredito. Eles estão a brincar com o meu coração. Ele não aguenta mais. Jacob Black a viver debaixo do mesmo tecto que eu. Que sonho.

- Vá lá Jake aceita. Por favor...

- Nessie... não sei... claro que sim – gargalhou - Achas que te vias livre de mim assim tão facilmente.

Sem pensar beijei-o. Os nossos lábios moviam-se numa dança cheia de amor. Os nossos lábios eram sugados pelo carinho que ali existia.

Um calor estranho estava a avançar no meu interior. No meio do beijo, ouvimos a porta a bater.

Nesse momento estava eu e Jake num quarto sozinhos, felizes e satisfeitos pela segunda oportunidade que a vida nos deu, de viver o nosso amor eternamente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Fórum Saga Crepúsculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail: crepusculoforum@sapo.pt
Um blog que vai ao encontro do que as (os) Fãs desejam mais. Aqui é o Espaço Perfeito onde podes saber novidades sobre esta emocionante saga que está a mudar o Mundo, a SAGA CREPUSCULO ... Esperamos por ti AQUI .

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D