Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saga Crepusculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Saga Crepusculo Portugal

21
Mai11

Fanfic - Capitulo 24 - "Renesmee Cullen"

Joana
 
24º Capítulo

 

A alegria voltara de novo para a grande casa. Finalmente os meus pais,
aceitaram de bom agrado o meu relacionamento com Jake.

As semanas, passavam como as páginas de um livro expostas ao vento.As
lágrimas que antes derramava pela tristeza, foram agora trocadas
pelas fortes gargalhadas, que dava.

A minha família , voltou de novo a ter a sua vida. Rose e Emmett, a
pensar num novo casamento. Alice e Jasper, andavam no seu mundo, onde
tudo era paz e amor. Carlisle e Esme , não poderiam estar melhor,
além de que o meu avô nestes dias têm feito turnos a mais. Edward
e Bella, onde eles estavam todo o dia? É muito raro, vê-los um dia
inteiro connosco. Sempre nos seus passeios românticos. Jacob e
eu,andámos nas nuvens, onde tudo se baseia a momentos que nunca nos
esqueceremos.

Mas algo, nesta semana, veio atrapalhar a felicidade que se tinha
composto naquela casa.

  • Renesmee  , não vais para a escola- resmungou o meu pai.

  • Mas  pai...

  • Não  existe, mas. Eu já disse que não.

Enfurecida, subi as escada que davam para o meu quarto. Entrei e bati com
violência a porta, fazendo os enormes vidros das janelas
estremecerem. Atirei-me para o centro da grande cama, e deixei
algumas lágrimas serem derramadas. A fúria que crescera , começava
agora a desaparecer.

Afundei a minha cara, nas almofadas e acabei por adormecer.

Os meus sonhos, andavam perto da realidade.

Podia ver a mão de Jake sob a minha, enquanto desfilávamos no passeio, da
escola. Os olhares de admiração e irritação – por algumas
partes- eram atirados sobre os nossos corpos.

Na sala, o meu nome e o de Jake era chamado constantemente, para
fazermos as apresentações e para demonstrarmos até que ponto
entendíamos a matéria. Mas claro, aquela matéria eu já sabia de
trás para a frente, porque o meu pai teve o carinho e a paciência
de me ensinar.”

  • Renesmee...-  uma voz melodiosa, chamava o meu nome, perto do meu ouvido. Estaria
    a sonhar?- Nessie...- gritou.

Assustada, dei um salto, que me fez cair a baixo da cama. Ainda meia sonolenta
levantei-me, e sentei-me. Era a minha mãe , que estava, sentada á
minha frente. Tentei retirar algo dos seus olhos, mas eles estavam
inexpressivos.

  • Sim,  mãe...- tentei falar.

  • Vamos  falar, seriamente.

  • O  que se passa? - questionei, encostando-me ás almofadas, roxas, de
    maneira a ficar sentada.

  • Renesmee,  o que te deu para quereres ir para a escola? Tens os melhores
    professores aqui em casa, porque a escola?

  • Mãe...-  disse juntamente com um suspiro de cansaço. - Eu quero sair de
    casa, passar os dias num lugar, onde são todos humanos. Pessoas
    normais. Quando foi a última vez, que tive uma experiência humana?

A minha mãe olhava-me atentamente. Em resposta, abanou os ombros.
Aproximou-se de mim, e beijou o meu cabelo.

  • Sabes querida...agora que pois, os teus argumentos dessa forma, eu até
    entendo, o porquê.Mas tenta entender, que não sou eu a decidir. Só
    o teu pai, o pode fazer.

  • Mas  mãe...tu consegues tudo o que queres do pai. Por favor. - pedi. Com
    os olhinhos, que ninguém consegue resistir.

  • Assim  não é válido Renesmee.

  • Vá lá...mãe.

  • Pronto,  conseguiste. Eu vou falar com o teu pai, mas...não te garanto que
    consiga.

Sorri vitoriosamente.

  • Obrigada  mãe. Adoro-te.

  • Também  que querida. Agora, levanta-te imediatamente. Tens uma visita,
    sentado na sala á tua espera. - pronunciou, já a desviar-se para a
    porta.

  • Quem?

  • Quem  mais haveria de ser...Jacob Black.

Rimos as duas. Rapidamente, me levantei e corri para a porta. Abanei, os
meus cabelos encaracolados, coloquei a roupa amachucada no lugar.

Comecei a descer os degraus, devagar e um por um. Enquanto pensava, na
hipotese, de poder andar na escola com Jake.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Fórum Saga Crepúsculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail: crepusculoforum@sapo.pt
Um blog que vai ao encontro do que as (os) Fãs desejam mais. Aqui é o Espaço Perfeito onde podes saber novidades sobre esta emocionante saga que está a mudar o Mundo, a SAGA CREPUSCULO ... Esperamos por ti AQUI .

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D