Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saga Crepusculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail:crepusculoforum@sapo.pt Um blog que vai ao encontro de que as(os) fãs mais desejam. Aqui é o espaço perfeito onde podes saber as novidades sobre toda a emocionante saga CREPÚSCULO... Esperamos por TI AQUI.

Saga Crepusculo Portugal

25
Abr11

Fanfic - Capitulo 7 - 1ª Parte - "Nevoeiro"

Joana

 

Mudança

 

 

 

Quando chegámos ao jardim da frente da enorme casa, pareceu ouvir-se uma discussão. As vozes que mais inetrvinham eram as de Carlisle, no seu habitual tom autoritário, Nahuel, com um tom de voz quente e persuasor e surpreendentemente Alice, com a sua voz chilreante parecendo deveras zangada. Já imaginava a sua cara. Os lábios comprimidos numa careta, enquanto se enroscava nos joelhos ou no colo de Jasper e punha a língua de fora.

 

Estava distraída, pelo que não ouvi nada do que diziam. Fiquei surpresa quando a cara afável de Edward se converteu num temível ar hosti, com os dentes arreganhados e um rugido bem forte a fomar-se no peito. Coloquei-lhe a mão no local onde seria o coração, recomendando-lhe prudência. Como sempre, recuou e acalmou ao sentir o meu toque. Sorri-lhe, mas nos olhos era notável um laivo de interrogação.

 

- Explica. – ordenei, num ímpeto, comprimindo os lábios.

 

- Já vais compreender. – asseverou, comprimindo ainda mais os seus lábios cheios. Parecia estar a fazer um tremendo esforço para não desatar aos urros e se atirar a o que quer que fosse que o estivesse a incomodar.

 

Esperava que todos nós fôssemos controlados o suficiente para o nível de irritação não rebentar a escala, pelo que fiquei petrificada ao ouvir o som de roupas a rasgarem-se e um uivo estridente que me levaria a tapar os ouvidos se ainda fosse humana. Jacob atirara-se à casa, com toda a força, seguido de perto por Nessie, que lhe puxava a cauda, obrigando-o a retroceder. Edward correu para ele e, no segundo seguinte, já estava à sua frente, empurrando-lhe as espáduas para trás, com uma força de aço. Quando me preparava para chamar Emmett para nos ajudar, Esme abriu a porta com um sorriso amoroso:

 

- Entrem, vamos lá. Que fazem aí fora? – convidou com uma careta, mas depressa compôs a expressão. Passava-se alguma coisa. E não era nada de bom, disso tinha a certeza.

 

Deslocámo-nos em silêncio para o pórtico, entrando em casa em fila. Todos haviam silenciado, ao ouvir o temeroso uivo de Jacob. Sentei-me num dos grandes sofás da sala de estar, com Renesmee ao colo, enquanto Edward corria para o segundo andar, onde Alice se refugiara com Jasper, fugindo ao problema iminente.

 

- Carlisle. – falei, olhando o médico que parecia mais velho com as rugas de preocupação. – Que se passa?

 

Carlisle acenou com a cabeça, quase imperceptivelmente.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Fórum Saga Crepúsculo Portugal

Blog Saga Crepúsculo Portugal Mail: crepusculoforum@sapo.pt
Um blog que vai ao encontro do que as (os) Fãs desejam mais. Aqui é o Espaço Perfeito onde podes saber novidades sobre esta emocionante saga que está a mudar o Mundo, a SAGA CREPUSCULO ... Esperamos por ti AQUI .

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D